Tag: Zouk

Zouk, Prazer, Aprendizado e Sexo(????)…

Estou aqui ouvindo Zouk…às 21:27hs de um domingo frio…
Não é nenhuma novidade isso! Eu ouço esse tipo de música a semana inteira. O Zouk é um tipo de música tem uma coisa… algo que mexe comigo de uma forma estranha!
Bom…ontem eu fui dançar zouk e fiquei chateada.
O comportamento das pessoas “zoukeiras” me incomoda um pouco. Ontem eu simplesmente não dancei!
Eu fui com um amigo mas ele e a prima foram embora mais cedo e eu fiquei ali, olhando as pessoas dançando maravilhosamente. E fiquei só olhando…
Fiquei chateada com isso, porque, não é de agora que venho percebendo, as pessoas que dançam zouk são absolutamente elitistas!
Existem algumas opções do talvez, do porque eu não dancei ontem…
1º se não te conhecem, não te chamam pra dançar;
2º só chamam pra dançar uma garota que ele esteja a fim de pegar ou que seja muito gostosa (afirmo que é muito constrangedor perceber isso num público de faixa etária 25>)
3º Tenho cara de poucos amigos ou de muito nojenta
4º tinha feijão no meu dente e toda vez que eu sorria espantava os bofes…
5º não sei!!!!
Agora, depois de muito ir em baladas zouk comecei a fazer aulas numa academia conceituada em dança de salão e hoje o professor falou um coisa hoje que me deu o que pensar.
Ele estava falando sobre a condução de mulher, de ela saber o que fazer e não deixar que o parceiro tenha que fazer tudo e que fique fazendo esforço o tempo todo para conduzi-la, disse algo que foi mais ou menos assim
“você não podem ser egoístas, a dança é um prazer, e se você está sentindo prazer, se seu parceiro está proporcionando pra você, porque não proporcionar o mesmo prazer pra ele??”

Profundo isso né?? Algo quase sexual…
Aí eu fiquei pensando… será que por conta disso, existe esse elitismo todo na balada de Zouk??
Eu nunca chamei um rapaz pra dançar, não sei se por timidez ou orgulho, e isso prejudica bastante.
Sempre fui em muitas baladas e já vi de tudo, gente dançado só por prazer, gente dançado pra seduzir, gente dançando pra pegar aquela gatinha ou aquele gatinho… não sei também se é porque o Zouk é uma das coisas mais técnicas e sedutoras que já vi, algo que trabalha a sensualidade, a parceria, o conhecer bem o parceiro para que a dançar possa acontecer de forma bonita, mas não vejo camaradagem nesse meio. Não vejo um rapaz que dança muito bem, tirar uma menina que está começando e não sabe muita coisa (tipo…eu XD) como aprenderemos???
Não gostei!

Anúncios

Nada muito sério….

Um feriado prolongado sem muitos acontecimentos, somente um casamento de uma amiga do trabalho, muita cerveja(tô bebendo desde quinta!!!!) e uma queda de pressão. Até que nesta semana eu não tenho nenhuma questão mexicanística pra contar ou algum assunto que está me afligindo. Somente o fato de que ainda resolvi seguir o conselho da minha amiga Cinthia e me cuidar mais, tanto fisicamente quanto psicologicamente… Tá dando certo…

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Danças, reencontros, química e conselhos

Eu sempre vou exaltar aqui o quanto sou sortuda por conhecer apenas pessoas maravilhosas que sempre me ensinam, me ajudam, brigam comigo e sempre estão ali. Sempre.
Semana passada minha amiga do trabalho (a mesma que disse eu era verdadeira demais) chegou na minha mesa, sentou pra conversar e me perguntou se estava tudo bem. Eu disse que sim, só que estava um pouco desanimada com tudo e com todos.
Ela disse que percebeu pelo (ela é sempre muito delicada) meu jeito de me vestir e meu cabelo, eu estava “mais simples” “Mais relaxada e malafanhada você quer dizer né?” ela riu…
Ai ela disse que quando se sente assim, o que ela faz pra melhorar é se emperequetar mais, sair e cuidar mais de si.
Fiquei pensando…
No sábado resolvi ter um dia de Princess… Tudo o que uma mulher pode fazer para cuidar da beleza nesse dia eu fiz… Cabelo, unhas, depilação, hidratação de tudo, arrumei meus lindos sapatos, minhas roupas… num é que melhorou??? Mas ainda assim eu fiquei um tantinho vazia…
Mais tarde meu irmão decidiu sair pro Zouk e eu fui junto… Sem muitas pretensões…
Lá estava eu olhando os casais dançarem quando um rapaz bate no meu ombro e diz… “ei moça! Eu conheço você!”…Arregalei os olhos…
Meu professor de Zouk de 13 anos atrás apareceu do nada! Eu fiquei muito feliz! Dancei com ele como não dançava há muitos anos! Tudo bem que dei uma cotovelada na cara dele mas foi de empolgação! 😛
Com ele acontece o que eu chamo de “química de dança”… Simplesmente a coisa acontece, os passos, giros, jogadas e tudo mais fluem naturalmente sem ter que fazer força ou pensar demais. Ele simplesmente me pega {e ele pega gostoso viu!?!? ¬¬} e a coisa vai…
Ele me trouxe uma sensação diferente. Junto com ele veio aquele frescor, aquela sensação de quando eu tinha 16 anos e que a vida era muito fácil e muito alegre e cheia de perspectiva. Eu adorei isso!!!!
Adorei ter seguido os conselhos da minha amiga!!! Muito Obrigada Ci!!!!! Valeu mesmo!
Tutibom!!!!!!