Tag: Relacionamentos

Sobre decepções, desapego, crescimento e afins…

A um tempinho atrás descobri através de uma amiga (e da numerologia Kármica) que a minha missão de vida é 6, ou seja, tenho que aprender a me relacionar melhor com as pessoas.
Percebo que umas das coisas que mais me atrapalha é o apego que tenho aos relacionamentos. Vivo um círculo vicioso, se ele acaba, dói, se dói eu não deixo mais ninguém entrar a minha vida, se eu não deixo, sofro de solidão e acabo lembrando do que vivi no passado. E dói mais.
Não estou falando só de relacionamento de homem-mulher (não nomeio isso de amor ou namoro porque nunca tive a sorte de conhecê-lo verdadeiramente nesse sentido), mas falo também de amizade.
Esses dias aconteceram algumas coisas que me iluminaram um pouquinho e me fez perceber que o desapego é o melhor remédio para as minhas dores. Falando assim parece muito fácil, mas eu particularmente tenho uma dificuldade enorme de “deixar ir”. O cultivo do passado é uma faca de dois gumes, estou aprendendo (nos meus momentos de reflexões e loucura) que se deve ter certa maturidade para isso pois se não tiver, isso pode se tornar um veneno que vai te consumir aos poucos.
Já tive vários motivos para não acreditar na sinceridade de pessoas da minha vida, declaração de amor e depois descobrir que era casado, confusão de sentimentos numa amizade linda que, na falta de maturidade de ambas as partes, cada um foi pro seu lado sem nenhum adeus, declarações em blogs e hoje mau fala comigo, amiga íntima e hoje nem me dá atenção quando mando mensagem….
O que percebi é que muitas vezes te usam num momento de conveniência e quando aquele momento passa (ou quando você não serve mais) você sai da vida dessa pessoa. Não sei se essa conclusão está correta, porque tenho pessoas na minha vida que realmente vale a pena investir.
O que prefiro pensar é que cada pessoa é um mestre, te ensina alguma coisa que você vai levar para o resto da vida e se você for um bom aluno, quando esta pessoa sair, não vai deixar a sensação de abandono te dominar. Simplesmente vai perceber que essa pessoa saiu da sua vida, ela realmente não serve mais para você, pois ela partiu para outro aprendizado de sua jornada e você também.
Espero ter sucesso nessa tal missão número 6! Conseguir aprender a viver melhor com as pessoas. Ser uma pessoa melhor sempre evoluir meu espírito para que eu possa ser alguém que valha a pena estar do lado.
Espero sinceramente que todas as pessoas que passaram por mim, cresçam como eu estou crescendo, mesmo que estejam vivendo um momento de mentiras, ou patético, ou de apatia, ou de plenitude. Todo momento é certo para viver.

Anúncios

Nua no escuro….


Tava pensando no que postar aqui e ando com um grilo na minha cabeça que talvez seja sem sentido.
Você já esteve Nu(a) para alguém???
Não estou falando somente de tirar a roupa (embora o que quero dizer isso invariavelmente vá acontecer).
O que quero dizer é… você já acreditou, compartilhou, se entregou, se despiu do seu véu de hipocrisia e já se mostrou exatamente como é para uma pessoa??
Já se mostrou sem medo de ser julgada acreditando que isto era o certo, que aquela pessoa realmente merecia ter essa parte de você que ninguém mais possuiu??
Já se deitou na cama com alguém, chorando com medo e alegria pensando que toda aquela entrega talvez pudesse te machucar, deixar marcas tão profundas que nunca iriam cicatrizar??
E o que aconteceu?
Você teve sorte?
Ou você foi a regra, onde descobriu que aquela pessoa não era assim tão perfeita e que tudo aquilo, toda aquela nudez não deu em nada e só sobrou a dor e a decepção?
Ou você foi a exceção? Tudo aquilo valeu de alguma coisa e mesmo que não fiquem juntos a lição de vida será benéfica e pra sempre?
Ou você foi o padrão, onde o medo de se machucar se tornou algo tão tangível que você afasta as pessoas da sua vida, não deixa mais o amor entrar e só atrai o mesmo tipo de pessoa que só vai reafirmar sempre que não vale a pena amar e se despir?
Você já se despiu para alguém?
E hoje você é o quê? Regra? Padrão? Exceção?

Sobre Relacionamentos, estratégia e camaradagi…


Ontem eu saí pra beber caszamiga do trabalho (Yes! Eu me dou ao direito de encher a cara no meio da semana!!Tô pangããããno!!!).
E ontem rolou uma DR entre nós, filosofamos, ocorreram agradecimentos,Tammy-San não achava que eu iria em seu casamento e gostou muito pelo fato de eu ter ido demonstrando consideração e carinho por ela, declarações de amor mútuo (caipirinha demais é foda!) e ontem o ponto principal da conversa foi sobre, saber compreender as pessoas. Saber conhecê-las. E também de mudanças.
O fato é que quando entrei na empresa eu simplesmente conquistei a antipatia de todo mundo e comecei a me sentir deslocada.
Parei pra pensar um dia e percebi que talvez o problema pudesse ser eu mesma, a forma de lidar com as pessoas e como me expressar.
Sempre fui muito direta e clara com as pessoas e isso muitas vezes atrapalha no relacionamento. Quem me conhece sabe o quanto sou difícil.
Então, eu resolvi mudar, não exatamente mudar (continuo sendo bocuda demais ), mas mudei minha estratégia, a forma de lidar com as pessoas e de ver a vida.
Ontem percebi o quanto ganhei com isso.
E sempre, sempre irei exaltar e agradecer o quão maravilhosas as pessoas que eu conheço são e o quanto tenho sorte por elas estarem na minha vida!

Verdades absolutas….

SOBRE RELACIONAMENTOS


Se um homem quer você, nada pode mantê-lo longe.
Se ele não te quer, nada pode faze-lo ficar.
Pare de dar desculpas (de arranjar justificativas) para um homem e seu comportamento.
Permita que sua intuição (ou espírito) te proteja das mágoas.
Pare de tentar se modificar para uma relação que não tem que acontecer.
Mais devagar é melhor.
Nunca dedique sua vida a um homem antes que você encontre o que realmente te faz feliz.
Se uma relação terminar porque o homem não te tratou como você merecia, “dane-se”, mande pro inferno, “esqueça!”, vocês não podem “ser amigos”.
Um amigo não destrataria outro amigo.
Não conserte.
Se você sente que ele está te enrolando, provavelmente é porque ele está mesmo.
Não continue (a relação) porque você acha que “ela vai melhorar”
Você vai se chatear daqui um ano por continuar a relação quando as coisas ainda não estiverem melhores.
A única pessoa que você pode controlar em uma relação é você mesma.
Evite homens que têm um monte de filhos, com várias mulheres diferentes.
Ele não casou com elas quando elas ficaram grávidas, então, porque ele te trataria diferente?
Sempre tenha seu próprio círculo de amizade, separadamente do dele.
Coloque limites no modo como um homem te trata.
Se algo te irritar, faça um escândalo.
Nunca deixe um homem saber de tudo.
Mais tarde ele usará isso contra você.
Você não pode mudar o comportamento de um homem.
A mudança vem de dentro.
Nunca o deixe sentir que ele é mais importante que você, mesmo se ele tiver um maior grau de escolaridade ou um emprego melhor.
Não o torne um semi-Deus.
Ele é um homem, nada além ou aquém disso.
Nunca deixe um homem definir quem você é.
Nunca pegue o homem de alguém emprestado.
Se ele traiu alguém com você, ele te trairá.
Um homem vai te tratar do jeito que você permita que ele te trate.
Todos os homens NÃO são cachorros.
Você não deve ser a única a fazer tudo…compromisso é uma via de mão dupla.
Você precisa de tempo para se cuidar entre as relações.
Não há nada tão precioso quanto viajar.
Veja as suas questões antes de um novo relacionamento.
Você nunca deve olhar para alguém sentindo que a pessoa irá te completar…uma relação consiste de dois indivíduos completos.
Procure alguém que irá te complementar… não suplementar.
Namorar é bacana, mesmo se ele não for o esperado Sr. Correto.
Faça-o sentir falta de você algumas vezes… quando um homem sempre sabe que você está lá, e que você está sempre disponível para ele – ele se acha… (meu pai sempre disse isso!)
Nunca se mude para a casa da mãe dele.
Nunca seja cúmplice(co-assine) de um homem.
Não se comprometa completamente com um homem que não te dá tudo o que você precisa.
Mantenha-o em seu radar, mas conheça outros…
Compartilhe isso com outras mulheres e homens (de modo que eles saibam), você fará alguém sorrir, outros repensarem sobre as escolhas, e outras mulheres se prepararem.
Dizem que se gasta um minuto para encontrar alguém especial, uma hora para apreciar esse alguém, um dia para amá-lo e uma vida inteira para esquecê-lo.
O medo de ficar sozinha faz que várias mulheres permaneçam em relações que são abusivas e lesivas:
Você deve saber que você é a melhor coisa que pode acontecer para alguém e se um homem te destrata, é ele que vai perder uma coisa boa.
Se ele ficou atraído por você à primeira vista, saiba que ele não foi o único.
Todos eles estão te olhando, então você tem várias opções.
Faça a escolha certa.
“cuidem bem de seus corações… “