Tag: padrões

Sobre convicções, passado, presente, mudanças e afins….

Como é interessante perceber o quanto as coisas são incertas na nossa vida!
Mesmo quando temos certeza!
Muitas vezes temos certeza do que queremos, é exatamente esse o caminho que devemos seguir… Mas no final (quase sempre) nada daquilo que imaginamos acontece.
Estava eu por aí neste mar de loucuras e bytes fuçando a vida virtual alheia (Yes! I am a internet Gossip! ) e vi algumas coisas interessantes sobre como as coisas mudam!
Até mesmo comigo. Muitas vezes afirmei coisas com tanta certeza e hoje é tudo diferente.
Já vi amigos que eram tão certos de suas convicções e hoje as coisas são tão diferentes.
Já tive amigo, (que eu afirmava que queria ter sempre na minha e já não falo com ele a mais de 1 ano(Vento no Litoral Wins!)), que dizia que o amor não existia e hoje vive um amor roxo, outro amigo , que dizia que era muito apegado a mim e não queria me perder (não fala comigo a 1 ano e meio quase) era super apaixonado e romântico a uns 6 anos atrás e um chifre o tornou um ser medroso que foge de relacionamentos e hoje ele diz que não acredita no amor. Eu sempre afirmei desde pequena que não queria casar e jamais lavaria cueca de homem nenhum, hoje me pego imaginando tendo uma casa, cuidando de alguém e esse alguém cuidando de mim.
Nossos objetivos e convicções mudam a todo o momento de acordo com nossas experiências. Algumas nos fazem crescer, como aconteceu com esse ex amigo que não acreditava no amor e hoje ama, outras nos fazem retroceder, como esse outro que um dia amou e hoje não é capaz de atrair isso pra sua vida, outras ainda nos tornam curiosos por novas experiências mesmo que talvez não sejam tão boas…
O que concluo disso é que devo viver mais meu momento sem ter certeza de nada, viver o agora, aproveitar este exato segundo com prazer sem culpa, lógico que sempre assumindo a responsabilidade e as conseqüências das minhas escolhas mas não pensar muito no “se”, no “se não” e no “mas”… acho vantajoso…

Anúncios

Beleza padronizada…


A minha brilhante amiga(e agora colega de dança! heheheh) Aline em seu blog disse algumas coisas muito interessantes.
[p.s. adoro seu esforço de não dizer mais palavrões]
Beleza…
O que é beleza?
Concordo com o que ela diz e tenho algumas cositas a acrecentar.. Acredito que em muitas situações da vida e de nossa sociedade, a beleza abre as portas, dá oportunidade de conseguir coisas que uma pessoa comum, ou até feias, não conseguiriam.
Acho também que pessoas apenas bonitas são um saco! Imagina o cara mais lindo da Terra… a mina “móór mais” gostosa do universo…Bom de olhar né? Bom de pegar né? Bom de fazer sexo né? Mas e aí??? E depois?
Poxa. Tão bom ter uma pessoa legal para conversar, um papo legal sem ser idiota e egocêntrico. Não que todos os lindo e perfeitos(?) sejam assim… mas digo que a maioria é. Portanto, também prefiro uma pessoa com papo legal, inteligente, com conteúdo, etc etc.
Também não vamos ovacionar a hipocrisia e dizer que não é legal ser bonito. Dizer que numa balada, festa ou até mesmo andando sorrateiramente na rua não olhamos o que achamos bonitos…
Mas aí entra o pequeno grande detalhe… o nosso padrão…
Cada pessoa tem um padrão de beleza que lhe atrai…portanto…não existe uma fórmula mágica pra dizer extamente que essa ou aquela pessoa é bonita… cada um tem o seu padrão….o meu por exemplo é homem grandão e gordinho… de um amigo é de mulher bem baixinha… de outra amiga são homens magrelos…
Então não dá pra padronizar!
Pensem nisso!!!