Autor: vannybraga

E a vida passa assim…

Ela morreu.
Simplesmente assim, em sete dias descobriu uma insuficiência renal, se internou no hospital e não voltou mais. Seco. Duro. Rápido. Sem dó!
Deixou um marido, dois filhos lindos e várias histórias.
Não conheci a pastora. Não conheci a esposa e muito menos a mãe.
Eu conheci uma garota que desde que nasci fez parte da minha história e ajudou a construir a pessoa que sou hoje.
Eu conheci a menina petulante, brava, que chorava de raiva mas que tinha um coração enorme e um olhar tão profundo que desnudava sua alma.
Conheci uma adolescente rebelde, que não tinha medo de correr atrás dos seus objetivos, de criar as suas situações e viver intensamente. Que era bem humorada e que odiava estudar francês.
Ela foi a garota que quase morreu atropelada junto comigo, quando me colocou no meu carrinho de boneca laranja (ela tinha um igual vermelho) e apostamos corrida pela rua. Ela era amiga que gostava de ficar de madrugada comendo de colher farinha láctea com leite no copo e falar sobre a vida e os planos.
A gente enfiava azeitonas na boca até não aguentar mais e explodir de rir cuspindo azeitona pela cozinha.
Ela não tinha paciência.

Ela gritava fácil.

Ela era tão fresca, que comia ovo frito de garfo e faca.
A gente sentava na calçada em frente o prédio e contava quantos carros pretos passaram na Alameda Lorena.
A gente assistiu juntas Cavaleiros do Zodíaco e fantasiávamos que guerreiros de Athena viriam nos salvar.
Ela mandou nosso primo Eduardo me dar um soco na cara e ele deu.
Ela chorou, riu, fez amigos, brigou, saiu de casa, voltou pra casa. Tanta coisa...
Agora você não está mais aqui. Sua missão se cumpriu... Você foi e deixou um buraco enorme que eu sinceramente não imaginava que iria ficar.
Doeu muito te ver pela última vez no caixão. Saber que nessa vida, não nos falaremos mais. Mas eu tenho plena certeza de que nos encontraremos em outra! Almas irmãs não se separam assim de uma hora pra outra. E também tenho certeza de que está bem e com boas pessoas!
Você foi, levou um pedacinho de mim. Obrigada por tudo!
Obrigada por ser a irmã que eu não tive.
Obrigada!
Obrigada!

Anúncios

Acabou a palhaçada!!!!

Ficou aqui em casa porque uma amiga da minha mãe disse que queria mas como nem todo mundo mantém a palavra, no final tivemos que nos responsabilizar por ela.
“Ela”, não tinha nome, eu não dei porque me conheço, sei como eu sou quando crio vínculos, no entanto com essa situação eu aprendi que não adianta não querer aprender, se a vida te coloca em uma situação em que você precisa enfrentar seus sentimentos, não adianta tentar se proteger, a vida vai te atropelar sem um pingo de dó. Resta estar forte pra aguentar o baque.
Bem, ELA não tinha nome, mas tinha personalidade e necessidades, necessidades das quais eu era responsável por atender. Fazer o leite, dar a mamadeira de hora em hora, acordar de noite pra ver se está tudo bem ensinar a usar a caixinha…
Ela literalmente cabia na minha mão e era tão frágil e assustada. As patinhas eram tão pequenininhas e delicadas que pareciam de brinquedo. Ela tinha um fedorzinho de bebê e leite muito característico que nem o banho que eu dei com Shampoo e K-Otrine pra matar os carrapatos foram capazes de tirar. Eu tentava não olhar em seus olhos azuis e nem ouvir seu ronronar enquanto mamava ou pedia carinho… Enfim, ela ganhou o nome de Júlia através da minha priminha. E foi nessa mesma semana que Júlia foi embora. Ganhou um lar com pessoas que com certeza a amarão como ela merece. E foi nessa mesma semana que eu tive o começo da maior crise de “Ites” que eu não passava a mais de 5 anos.
Vivendo a vida da melhor forma.
O título desse Blog nunca fez tanto sentido quanto estes últimos tempos, mais precisamente do ano de 2016 até aqui.
Quem diria que depois de passar tanta merda, duas mortes devastadoras na família, presenciar tão de perto uma tentativa de golpe tão cruel em uma pessoa de tão bom coração, desemprego, angústia e ansiedade crescendo na mesma proporção da minha massa corpórea, luta diária pra não cair no abismo do desespero, a conexão com uma gatinha de rua e o adeus fosse me derrubar de forma tão devastadora. Quem diria que as lágrimas que derramei quando ela foi, no dia seguinte tenha se transformado em doença na qual ainda não me recuperei completamente mesmo tendo se passado mais de um mês! Quem diria!
Talvez eu seja a DramaQueen.
Talvez tenha sido apenas a gota d’água.
Talvez sentimentos negativos represados podem se transmutar em algo que seu corpo cobrará. Resta saber o que fazer com eles.
Talvez eu só esteja de TPM.
Talvez eu ainda tenha coisas a aprender.
De tudo isso eu tenho certeza de duas coisas:

  • Definitivamente não sou capaz de trabalhar com resgate de animais (não sem me destruir aos poucos);
  • O ano novo começou agora! Quero que as coisas mudem! É o ano do Galo!! Acabou a palhaçada!!!

?????????????

 

O buraco do SE….

Há exatamente um ano você nasceu. Foi uma grande surpresa porque eu briguei com sua mãe logo quando soube de você, dizendo que você seria leonina que nem sua tia e ela dizia que você seria de virgem que nem o pai. Aí você veio antes do marcado. Fiquei feliz e chateada ao mesmo tempo. Porque você não esperou só mais um dia?? Poderíamos comemorar nosso aniversário juntas!!

Mas você veio na hora que quis. Forte, teimosa, voluntariosa e guerreira como uma boa leonina sempre é. Lutou durante duas semanas até que veio pra nosso lar, preencher nossas vidas, nos dar esperança, luz, alegria.

Mas às vezes com o doce vem o amargo. Com seis meses e dois dias você se foi. Se foi de uma maneira besta, sem explicação, sem despedida. Sem nos dar tempo. Deixando apenas o buraco do SE.

SE você estivesse aqui conosco, já estaria falando as primeiras palavras? Estaria andando? E os dentinhos??Já estaria comendo coisas sólidas? E o cabelo? Os olhos ainda seriam da mesma cor?

Nada nem nenhuma crença vai poder preencher o buraco do SE.

Eu sei que você está em um lugar melhor, sei que está bem. Sei que existe um plano e que você cumpriu seu papel com louvor.

Mas o SE…aaaah o SE!!

Se você estivesse aqui, como teria sido nossa festa de aniversário?

O que eu sei é que esse vai ser o aniversário mais triste da minha vida. E eu rogo a Deusa que nos ajude a superar o buraco do SE, a dor e a saudade.IMG-20151122-WA0004

Um sonho jamais esquecido…

E naquela noite, a senhora apareceu pra mim, Seu cabelo negro como a noite batia em seus joelhos, seu vestido era azul mas o corpo não era tão curvilíneo como a pintura dizia! Estávamos sob o penhasco, lá embaixo, as ondas reverberavam contra as rochas, os murmúrios das águas chegavam aos nossos ouvidos como canção sagrada e antiga, canção sobre a vida, o amor, a esperança e a fé…A lua estava cheia e majestosa e absoluta no céu…
Eu lhe apontei o céu em direção às trÊs Marias e disse que elas eram minhas estrelas…
A senhora disse não! Me apontou uma constelação invísivel ao olhos mortais, e lá estava ela, a espada de São Jorge, e a senhora me disse que era sobre a proteção dela que eu estava!!

iemanja a

Odò ìyá! Minha mãe!

Lá e de volta outra vez….


Olá meu povo!!
Depois de tantos anos sem postar nada eis-me aqui !!
Novidades eu não tenho muitas…
Continuo ignorante em relação a politica – mas não tão burra a ponto de achar que é tudo culpa da Dilma-
Ainda sou bruxa – apesar de ainda não ter achado uma varinha e um grimório ideal-
Ainda me preocupo com a intolerância religiosa que anda crescendo no Brasil e no mundo-vide google-
Ainda gosto de requeijão com geléia de amora – apesar de estar de regime-
As novidades?
Bem, agora sou Dukaniana, estou fazendo um regime que me fez eliminar 18kl
olhái..
Dukan

E também voltei pra dança do ventre e agora também para o Pole Dance! Uhhhuullll!!!

ventre

Meu cabelo cresceu e tá lindo!

cabelo

Tenho novas paixões ..

colecionismo

E tô muito feliz por ter conhecido uma galera muuito bacana nos encontros de “bunekinhus”

galera
olha eu ali no fundo!! 😛
É isso!! 🙂

Afeganistão Brasileiro??

Eu sinceramente estou preocupada!

Talvez o que eu diga aqui possa parecer muita besteira e talvez seja, ou talvez seja um marco nos anais da web mais tarde quando der merda…porque se continuar do jeito que está, vai dar merda!

Às vezes eu levo o Facebook à sério. (pausa dramática…)

 Vou dizer no quê e porquê. Essas redes sociais são onde na maioria das vezes as pessoas (na sua maioria povão, que é muito mais que metade da população do país) tem coragem de exprimir suas opiniões no conforto de seus lares sem se mexer muito. Até aí nem me preocupo muito… O problema é que as redes sociais já mostraram o poder que tem de mobilizar uma comunidade. E isso pode acontecer aqui no Brasil.

Então como sempre enrolo pra chegar no ponto principal.

Eu estou preocupada que o Brasil possa virar o mais novo e “belo” Afeganistão das Américas.

Digo porque…

Com toda essa história do pastor e deputado Feliciano ser ou não ser homofóbico muitas pessoas o repudiam, mas muita, muuuita gente o apoia!

E o apoia com veemência. Com fervor.

Apoiam o preconceito, a falta de respeito, o ódio.

Muitos evangélicos na minha página do Face fazem apologia agora contra o homossexualismo incitados por este pastor.

Aí eu ví a reunião dos evangélicos lá em Brasília pra eleger o novo presidente deles. O negócio é muito grande!!! Os evangélicos estão crescendo como praga no Brasil e o ruim disso é que a sua maioria são extremistas. E eles estão chegando com tudo na política! Estão cada vez mais nos cargos de poder e principais profissões no país. Mas o problema não é esse. O problema é que em sua maioria eles são intolerantes e tão inflexíveis que chegam a ser violentos e nunca, de forma nenhuma separam suas convicções religiosas da sua vida em sociedade e isso quer dizer em não respeitar a religião dos outros, a diferença da crença, de opiniões  e o espaço que cada um merece ter.

Quer um exemplo???

Vejam essa montagem muito compartilhada também no Face…evangélicos

 

Fonte: http://resistenciacristaj.blogspot.com.br/2012/02/lembra-da-afronta-concurso-jesus.html

Chocante!!!

 

Tanto pelas fotos em si quanto pelas mensagens que ali estão…Se bem que concordo que esse “concurso” foi de péssimo gosto!! Já farei de desrespeito à religião nesse post aqui.

Façam um busca no Google com as palavras chaves “jesus gay bactéria” que vocês verão os blogs absurdos que lerão…

Sinceramente, eu duvido muito da veracidade dessas informações apesar de ouvir falar (pouco) em uma super bactéria mas nunca que exista uma bactéria que atingem somente gays. 

As pessoas não percebem que as suas convicções religiosas não podem interferir nem prejudicar a pessoa que está do seu lado! Independente de eu não concordar com algo, eu tenho que respeitar.

Tem uma foto que foi publicada pela Comunidade Que país é esse que achei muito interessante!

 cabul

Retrocesso…

É o que estou enxergando para o Brasil daqui pra frente. Isso é a fagulha no palheiro… Vai dar merda!!!

Com este post eu não quero de maneira nenhuma incitar ou organizar uma corrida contra os cristãos… De forma nenhuma! Do mesmo jeito que conheço evangélico extremista eu conheço evangélico bacana também.Também não estou levantando bandeira nem contra nem a favor dos gays. A única bandeira que levante é a do respeito é da bandeira do “Meu direito começa onde termina o seu”.

Só quero compartilhar com vocês que se interessaram em ler até aqui é que, antes de julgar, antes de colocar suas opiniões (religiosas ou não) na frente de tudo, pense um pouco na palavra “respeito” e “amor”.

E aos evangélicos eu deixo um pedido, por favor estudem melhor as escrituras, percebam que no final de tudo, o Deus dela é só amor e amor não se regozija com sofrimento, amor não escarnece, amor não se vinga nem se envaidece! FKDK!! 😉

p.s. não levem o “ crescendo como praga” pro lado pessoal é só o eu jeito de falar…

 

 

Descobri… Sou Puritana…

Pra quem me conhece um pouquinho sabe que pra muitos assuntos eu sou totalmente desencanada e não gosto de ficar rotulando, nem julgando muito as coisas.

Gosto de pensar que sou diferente. Penso… logo vejo que nem sempre eu sou o que penso ser.

Como muitas pessoas, ainda tenho conceitos e pré-conceitos enraizados que quando menos esperamos veem à tona e nos dá um tapa na cara bem dado e sobra a responsabilidade para aprender a lidar com isso. Com a quebra de paradigmas, com o respeito, com a opinião, com a sociedade, com o que pensamos que éramos e com a realidade do que realmente somos.

Descobri por esses dias que sou puritana e de certa forma rígida.

Gosto muito de internet e uma das minhas manias é participar de fóruns e conversar com diferentes tipos de pessoas, desde o mais inteligente ao mais idiota.

Sou fã de animes (Que pra quem não sabe é desenho Japonês) e como a maioria dos Otakus (fã de animes) da minha idade, começaram a gostar desse gênero por causa do anime “Os Cavaleiros do Zodíaco” (se você não conhece se joga no Google!) anime este que mesmo passando dos “Inta” não tenho vergonha nenhuma de dizer que sou ainda uma fã apaixonada e sempre acompanho as novidades do mesmo por aí. (Já são 25 anos desde a sua estréia e ainda não foi esquecido).

Então, nesses dias foi lançado um jogo para vídeo game na China e foi uma grande comoção. Eu sinceramente não conheço muito os costumes dos Chineses e como eles lidam com “Show Busines” mas uma imagem chamou mais a atenção do público…

Imagem

Imagem site: http://www.sankakucomplex.com/2012/07/31/sexy-goddess-of-chinajoy-exposed/

Aí você pergunta: “O que é isso Tia?”

Então… é um Cosplay (quando uma pessoa se fantasia de um personagem de um anime) e esse foi um Cosplay da personagem Saori Kido onde na história do desenho, ela é a reencarnação da Deusa Athena que por sua vez é a Deusa da Justiça/Guera/Sabedoria e sua imagem original ( no anime) é esta aqui…

Imagem

Imagem site: http://ssperfil.wordpress.com/2010/11/24/perfil-outros-personagens-da-saga-do-santuario/wc40a250d64fe7/

Como podem ver, muito pano, muita castidade, muito “divinismo”…

No fórum que participo a minha crítica foi “Achei uma blasfêmia”… Fui acusada de estar com inveja e entre brincadeiras, tiração de sarro e até umas farpas trocadas com alguns membros uma das pessoas me perguntou se era sério mesmo, se eu realmente fiquei revoltada com o Cosplay.

Uma das Imagens originais da Deusa é essa aqui;

Imagem

Imagem site: http://sagrado-feminino.blogspot.com.br/2010/05/verdadeira-face-de-athena.html

Agora comparem com a primeira imagem.

Essa enrolação toda é pra perguntar. Porque? Porque os homens precisam sensualizar/sexualizar tudo?

Porque tentar representar uma Deusa (que é virgem), senhora da justiça,  da guerra e da Sabedoria como se fosse uma atriz pornô??

Você que chegou até aqui pode dizer, “Nossa, mas que bobagem, é só um desenho!”

Concordo. É só um evento. É só um desenho!

É só um desenho e por incrível que pareça o que me desagradou na primeira foto não foi a sexualidade exagerada nem a desvirtuação do personagem e sim o desrespeito com a divindade.

Fiquei surpresa e me senti um pouco beata carola em pensar desse jeito e dar importância a algo aparentemente banal, mas pense ….pense mais um pouco…

Não há um limite onde a sexualidade deve ser explorada?

Quando envolve religião pode ser mais perigoso ainda. Esse caso me lembrou imediatamente da parada gay em Sp em 2011 onde colocaram cartazes de santos católicos musculosos e sensuais no meio da comemoração e a Igreja e os fiéis mais fervorosos ficaram muito ofendidos com a associação. É certo? É errado?

O resultado disso tudo: A modelo foi expulsa do evento. Não sei se esse Cosplay safadinho foi ideia dela ou se os administradores do evento que mandaram. O que ficou foi a certeza de que não foi uma boa idéia e quem saiu perdendo foi ela.

A resposta para a pergunta que me foi feita??

– Não diria revolta, mas achei um tanto ofensivo para quem ainda é devoto (Sim pessoas! Palas Athena ainda é cultuada mundo afora!) e totalmente desnecessário e fora de contexto. Se fosse Afrodite (Deusa da Beleza, do amor e da sexualidade) seria perfeito.

Ex… … … Viciada????


Bom, O que posso dizer…
Estou bem sumida. Poderia dizer que estou muito ocupada e não deu tempo de entrar na net e blá blá blá…
A verdade é que eu estava com preguiça mesmo de colocar algo inteligente e legal aqui… Pensar às vezes dói!!! Rssrrsrs
Gosto de colocar coisas relevantes para mim e como nada tem acontecido eu fiquei meio longe…
Tenho uma novidade só.
Parei de fumar!
Sim Sim! Há exatos um mês e três dias eu parei.
Lembro de ter colocado algo aqui sobre percorrer os botecos nojentos na favela à noite num domingo em busca de cigarro como uma drogada e do quanto isso me incomodou.
Mas o estopim mesmo foi o fato de, depois de ter voltado do Rio de Janeiro eu simplesmente comecei a tossir e ficar mau. Com falta de ar, tosse, dor de cabeça, tosse, crise de rinite, tosse, bronquite e mais tosse.
Numa segunda, às 18hs fumei meu último cigarro no carro da minha carona… não comprei mais…
Aí passaram-se 3 dias e a minha crise de abstinência foi ficar lesada e com muito sono, não tive dor de cabeça nem tremedeira nem nada. Mas quando eu falo lesada, não é no sentido figurado, fiquei quase 3 dias me esforçando pra falar direito e pensar. Tudo estava em cÂmera lenta!!!
Depois do que vivi e do que reparei após os 3 dias, tenho algumas coisas a falar sobre vício…
Meu medo real é engordar mais ainda (aí fudeu!!!) Mas o que percebi, é que quando a ansiedade bate não são as substancias químicas que estão fazendo falta no meu corpo (pelo contrário!!! Fazia muito tempo que eu não respirava tão bem sem ter muco pra tudo quanto é lado!) o que faz falta é o hábito, a mania, a coisa que se faz. Por exemplo, eu mudei totalmente meus hábitos na hora de almoçar, sinto falta de algo na hora que desço do ônibus, o ato de depois de jantar ir lá fora no meu quintal e ascender um cigarro.
A sensação de falta de alguma coisa, não é bem o cigarro. Mas sim dos hábitos que vem junto com ele é muito grande e gera certa sensação de perda.
E aí vem a ansiedade.
Um dia desses minha amiga brigou comigo pois ela citou que eu comentei sobre 8 comidas diferentes que eu estava com vontade de comer.
Tudo ansiedade.
Pelo medo de engordar mais estou me policiando e percebendo estas vontades e essas fomes e tento controlá-las.
O mais engraçado é que me peguei fazendo uma coisa que não fazia desde os 14 anos, comecei a morder meus dedos quando a ansiedade aperta. Não até que ponto isso é bom ou isso é ruim.
O que sei, é que não abomino cigarro, não corro de quem está fumando, o cheiro me incomoda, mas é um incomodo sincero, pois começo a espirrar e minha garganta seca.
Vamos ver no que isso vai dar…

p.s. a pele não fica mais bonita porra nenhuma!!! Tô toda empipocada tá!!!!!